Resenha: O Pequeno Príncipe



Editora: Agir
Autor: Antoine de Saint-Exupéry
Páginas: 93
Nota do LC: 4,5/5


Após sofrer uma pane no motor do avião, um piloto se vê perdido no imenso deserto do Saara, com provisões de água para apenas oito dias. Mas certa manhã, ao acordar, depara-se surpreso com um pequeno principezinho, que lhe pede insistentemente o desenho de um carneiro. Aos poucos o piloto vai descobrindo a história do rapaz, que abandonou o seu planeta natal e tem vagado pelo Universo, descobrindo novos planetas e seus habitantes, até chegar à Terra.


    O Pequeno Príncipe é sem dúvida um livro para crianças. Mas calma aí, não é bem do jeito que você está pensando; se você é jovem ou adulto, o autor dedica o livro à criança que um dia você foi, e que ainda está aí, escondida em algum lugar do seu coração. É para ela que ele ergue sua voz e conta as aventuras do pequeno menino que, em suas viagens pelo Universo, nos traz questões sobre a vida, a filosofia, a política e o amor.
    Confesso que, quando terminei de ler esse livro, fiquei bastante emocionado. A primeira vez que o li ainda era criança, e na época o tomei apenas como mais um livrinho de aventuras. Porque, sim, ele é bastante pequeno, uma leitura rápida e envolvente de apenas algumas horas. Mas recentemente, quando o encontrei jogado entre alguns livros velhos e o reli, fiquei de certa forma espantado, me perguntando por que nunca notara antes o quanto ele era surpreendentemente maravilhoso. Suas palavras ficavam dançando em minha mente, repetindo seus ensinamentos simples, mas profundos. Foi tão incrível foi que certa noite me peguei olhando para as estrelas, sonhador, procurando pelo asteroide B612 e seu pequeno habitante...
    O livro não deixa nada a desejar; é uma leitura tão atraente que, quando terminamos de ler, ficamos com aquele gostinho de quero mais. Bate uma saudade dos personagens, e dá até uma vontade de ir ao deserto do Saara, para ver se pelo caminho a gente não encontra o carismático principezinho e bate um bom papo com ele.
    Estruturalmente, o Pequeno Príncipe foi um dos livros mais bonitos que eu já vi. As ilustrações coloridas são constantes e foram feitas pelo próprio autor, tendo um papel importante no desenvolver da história. O piloto é quem narra o texto, além de assumir autoria dos desenhos; afinal seu sonho de criança era ser pintor - no que foi desencorajado pelos adultos.
    Lançado em 1943, O Pequeno Príncipe já se tornou um clássico da literatura universal, e aparece em algumas listas como o terceiro livro literário mais vendido de todos os tempos, com mais de 140 milhões de exemplares. E esse número não para de crescer; estima-se que, só no Brasil, ele vende mais de 50 mil exemplares por ano, ininterruptamente! O livro, portanto, conseguiu cumprir sua mais importante missão: cativar as crianças que todos temos dentro de nós.      
    E eu só podia terminar citando sua mais famosa e célebre frase, que sempre me encanta:
    “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas.”

                               Resenha por Diego B. Oliveira - resenhista do blog.

17 comentários:

  1. O pequeno príncipe é um dos meus livros favoritos. Uma estória fácil, linda e emocionante. Tenho certeza que nunca mais verei as estrelas do mesmo modo, depois que li o pequeno príncipe.

    http://naoseavexe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ain, eu já li P.P e é muito fofa a historia! :)


    Youtube > SophieFrou
    Blog > sophiefrou.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é muito bom
    Tem uma historia tão linda

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. David, lembro de ter lido este livro há muito tempo, e de te-lo achado muuuito bom. A forma com o autor abordou os temas de amizade, crescer e solidao me fizeram sentir como se estivesse conversando como o Pequeno Principe ao meu lado. Minha cena favorita é do deserto :D
    Beijos
    http://nolimitedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. É bem isso que sinto sobre esse livro, quando criança era apenas um livro de aventuras, mas conforme crescemos ele vai ganhando outros significados e acredito que quando estiver velhinha vou achar outros, rs.
    Bjus

    Rafa
    Rafaelando.com

    ResponderExcluir
  6. É maravilhoso...um dos únicos livros que eu reli haha!

    www.resenhasealgomais.com.br

    ResponderExcluir
  7. Esse é um daqueles livros que parece que eu li mas não li ele por completo. Primeiro que eu comprei ele para dar de presente para a minha irmã (foi o primeiro livro da vida dela) e fui ajudando ela a ler e a entender sobre o livro, depois fiz uma peça na escola em que era dança misturado com teatro mesmo, e eu era o deserto, ai tinha a dança do deserto lá. Só sei que na peça, a gente resumia basicamente o livro todo e ficou muito boa! Vou ver se pego esse livro pra ler qualquer dia desses, principalmente por ser um livro que da pra ler rápido e entender facilmente.

    xx,
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  8. Acredita que nunca consigo terminar de ler? Começo e desisto? Mas ainda vou dá uma chance a ele.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. OI David e Diego!

    Eu simplesmente amo esse livro de paixão! Já li algumas vezes...e cada vez é uma surpresa diferente...
    A frase que eu mais gosto (não sei exatamente) mas é aquela que a raposa diz, que se ele fala que vai chegar as 4h desde as 3h ela começa a ser feliz!! Ownnn Lindinha demais!!

    Bjinhos
    Ju
    asbesteirasquemecontam.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Um doa melhores livros que eu já li, e tenho certeza que todo mundo deveria ler!
    Demaaais!
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. David, sem palavras!! Adoro de mais O pequeno príncipe ;)

    Adorei!

    Nanda Pezzi

    ResponderExcluir
  12. Oi David!
    Não gostei desse livro. :x
    Muitas pessoas adoraram a leitura e super recomendam. Porém, o mesmo não aconteceu comigo. Foi uma leitura que eu poderia muito ter deixado passar e não teria feito diferença.
    Enfim, gostei de saber sua opinião e saber que você gostou muito. (:
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  13. Nossa, eu já vi várias vezes esse livro vendendo, já vi muitas resenhas, dele, já vi esse livro em (quase) todo lugar que eu vou, sou sim uma devoradora de livros, mas eu confesso que nunca me interessei por ler esse livro ;-;

    Posso ser aquela de uma em um milhão, mas nunca me deu aquela vontade... entende, de ler esse livro, não me chama atenção mesmo vendo que todos gostaram.... não sei, pra mim não ter lido esse livro eu realmente não sei o que falta nele :c

    Sei que é um dos mais vendidos no mundo, mas quem sabe algum dia eu compro ele ^^'

    Dá uma passadinha no meu blog, por favor? Segue se puder? >//////////////<
    beijinhus~ ♥
    Naka-chan||@Naka-chan no Sekai (N.S)

    ResponderExcluir
  14. O "gostinho de quero mais" que ele deixa, existe com toda certeza, porque a história é tão cativante, o principezinho, e tudo que se passa, de forma simples e que por isso pode ser lida por todas as idades, mas que serve para a vida adulta.

    ResponderExcluir
  15. Já comecei a ler, mas isso foi há muito tempo, não tenho o hábito de ler e então parei. Pretendo comprar e retomar a leitura. Melhor dizendo, começar de novo.

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Li este livro quando era criança, é realmente encantador!

    ResponderExcluir
  17. "Grande artigo e óptimo blog! Deixe aproveitar este seu espaço de comentários para apresentar Viagens em Marrocos.
    Somos uma equipa de especialistas em turismo por todo Marrocos. Planeamos viagens de sonho em Marrocos, passando por deserto, cidades, montanhas e oásis de uma beleza incrível.
    O nosso site é http://www.viagens-em-marrocos.com, e aí pode ver mais detalhes e ideias.
    Se estás a pensar em Marrocos, vem experimentar um dos nossos veículos 4x4 e conhecer os segredos mais escondidos.
    Obrigado.
    Omar"

    ResponderExcluir